sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Dura e dura...

A festa dos ciganos no estacionamento do parque multiusos... Ao que parece é casamento e ainda falta uma semana! Já ouvi muita gente indignada por eles estarem ali "estacionados" e devo confessar que não me fazia grande confusão até ter realmente pensado na questão mais a fundo.
Observando melhor esta realidade, chego à conclusão que Beja está "minada"! Rua da Lavoura, Carmo-Velho, EDP e por ai fora...o que demostra que realmente somos um povo acolhedor, pois cada vez há mais, diria mesmo que "nascem como cogumelos"...E se um dia nos confrontarmos com algum? Uii..temos um futuro promissor..fugir deles a vida inteira e é senão levarmos logo um tirinho!
Nada de racismos, xenofobismos, até porque na minha condição de Antropóloga seria rejeitar todas a teorias que aprendi em 4 anos. Teorias essas que provam que não é com subsidios inventados por Guterres e reinventados por Portas que o país anda para a frente.
Sendo o multiculturalismo uma realidade, ambas as culturas têm que e adaptar às outras e a verdade é que nunca vi um cigano a trabalhar a não ser no comércio informal sobre o qual nem pagam impostos.
E entretanto, aqui ando eu...a pagar 150 euros por mês à segurança social para alimentar os "coitadinhos dos ciganos" e quando chegar à reforma secalhar manda-me dar uma voltinha!
Quando é que se percebe que não são os subsidios que fazem o país andar! Por alguma coisa Muhammad Yunus e o Grameen Bank ganharam o prémio Nobel da Paz, mas não aqui tem-se por hábito de dar o peixinho em vez de se ensinar a pescar! Não se responsabiliza o indivíduo nem as colectividades, vamos colocando paninhos quentes que quando arrefecerem...uiii..vai doer vai!

1 comentário:

dangerously in love disse...

amiga...que grande texto este...adorei..e ainda rpa mais quando estas cheinha de razao.

Palminhas para menina de rosa..sim senhora!

beijo...na bochecha